cursos

Curso História da Arte, Pintura, Arquitetura, Fotografia & Cinema • mód 3 org. Clara Figueiredo e Gabriel Kogan

início em 04/06

O curso – oferecido em três módulos mensais (abril, maio e junho) de quatro aulas cada – discutirá questões centrais da história da arte moderna a partir de obras emblemáticas de: Paul Cézanne; Louise Bourgeois; Le Corbusier; Marguerite Duras; Federico Fellini; Toyo Ito; Rem Koolhaas; Kazimir Malevich; Hannes Meyer; Aleksander Rodchenko; Arnold Schoenberg; e, Giuseppe Terragni. Os módulos podem ser cursados individual ou sequencialmente. A partir de uma abordagem crítica e não-linear da história da arte e arquitetura, as aulas trarão pontos paradigmáticos do campo no século 20. O heterogêneo grupo de jovens palestrantes selecionados (historiadores da arte, curadores, arquitetos e psicanalistas) fornece, em si, um panorama da nova crítica e pesquisa de arte em São Paulo.

 

Módulo 3 . Junho

Rearticulações, redirecionamentos artísticos e psiquismos

Guerras, genocídios, consolidação da indústria cultural e as novas formas de comunicação e espetacularização da vida impactaram e produziram mudanças significativas no modo de percepção-representação psíquica e artística da vida. Tributárias do surrealismo e da psicanálise, artistas como Louise Bourgeois e Marguerrite Duras trouxeram em suas produções plásticas e literárias, cada uma a seu modo, reflexões acerca do corpo, do sujeito e da mulher na contemporaneidade.

 

04/06 – Thyago Villela – Auto-Retrato, Kazimir Malevich: Mal-estar na Modernização

11/06 – Beatriz Chnaiderman – Les enfants, Marguerite Duras: Escrita e saber

18/06 – Ruy Luduvice – Spider (da série Cells), Louise Bourgeois: Figuras e Fantasias

25/06 – Gabriel Kogan & Clara Figueiredo – White U, Toyo Ito: A Morte e o Espaço

 

Clara Figueiredo e Gabriel Kogan

Organizadores:

CLARA FIGUEIREDO, Fotógrafa e pesquisadora. Doutora e mestre em Arte Visuais (ECA/USP). Ministrou disciplinas, palestras e oficinas na área de artes e fotografia na Anhembi Morumbi, ENFF, SESC e SENAC.

GABRIEL KOGAN, Arquiteto e editor, graduado em arquitetura e urbanismo (FAU/USP). Palestrante convidado da Politécnico de Milão (POLIMI/Mantova: 2015-2018) e na Escola da Cidade (desde 2018). Ministrou cursos livres no MASP e MuBE. Foi colaborador da Folha de S.Paulo, além de revistas nacionais e internacionais. Trabalhou no Studio MK27 (2007-2015). Em 2015, fundou o instituto CENTRO Pesquisas Urbanas. Integra o juri do Troféu APCA para a categoria Arquitetura.

Palestrantes:

BEATRIZ CHNAIDERMAN, psicanalista e atualmente trabalha no consultório particular e participa do Fórum do Campo Lacaniano (FCL-SP). Marcada pela psicanálise lacaniana, sua pesquisa na literatura é uma busca pelo saber-fazer do escritor: a prática da letra na produção da obra. Essa busca permite aproximações com outros domínios da arte, especialmente com o cinema.

RUY LUDUVICE, doutorando em filosofia pela Universidade de São Paulo e coordenador de pesquisa da Associação Cultural Videobrasil. Graduou-se em filosofia pela mesma instituição, com período de intercâmbio na Université Paris Nanterre. Mestre em filosofia pela USP, defendeu a dissertação Espelhos e Abismos: Autoria, Erotismo e Primitivismo em Louise Bourgeois, dedicando-se atualmente à crítica de arte do filósofo Georges Bataille. É membro do Grupo de Estudos em Estética Contemporânea do departamento de Filosofia da USP. Suas últimas publicações incluem os artigos: Louise Bourgeois por Robert Mapplethorpe: Autoria e Fantasia (Almanaque Rapsódia n. 12. 2018), e Forma, Figura e Matéria: Natureza e Cultura em Georges Bataille (Anais do III Seminário de Estética e Crítica de Arte: As Artes entre a Urgência e a Inoperância, 2017).

THYAGO MARÃO VILLELA, Bacharel e licenciado em Sociologia pela Unicamp, mestre em Artes Visuais pela USP e doutorando em Sociologia pela Unicamp. Autor da dissertação “O ocaso de Outubro: o construtivismo russo, a Oposição de Esquerda e a reestruturação do modo de vida” (2014), além dos artigos “A exposição ‘Artistas da URSS dos últimos 15 anos’ e o combate aos 'formalistas’” (ARS/2018) e “A atenção aos detalhes: as questões do modo de vida e o novo byt soviético (1923)” (Cadernos Cemarx/2016), dentre outros.

04 encontros | 19h às 21h30 | terças-feiras

04, 11, 18 e 25 de junho

R$ 470
R$ 350 valor especial para estudantes - ensino médio e graduação. Entre em contato.
R$ 470 2x 235